Diante de tantas pessoas necessitadas de alimentos, crianças em estado de subnutrição, idosos, pessoas doentes batendo as porta da Igreja, fez por bem a Diaconia criar o Banco de Alimentos.

Todas as pessoas que nos procuram, são visitadas e diante da real necessidade elas são cadastradas e recebem alimentos doados pela Diaconia.

A prioridade são crianças, doentes e idosos.

É feito um acompanhamento a essas famílias para que elas consigam em um determinado tempo serem auto-sufientes e com isso, dar espaço para que outras pessoas possam ser ajudadas.